DPVAT 2020 PR: Consulta, Valor, Tabela, Como Pagar – (Detran PR)

O Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores, ou DPVAT como é mais conhecido, é um imposto obrigatório cobrado sobre veículos automotores no Brasil anualmente. Ele é regulamentado pela Lei Federal 6.164/74 e seu pagamento é realizado juntamente com o IPVA.

Este imposto é administrado pela Seguradora Líder e compõem o grupo de taxas de licenciamento, e tem por objetivo arrecadar fundos para o pagamento de indenizações de acidentes de trânsito que possam ocorrer durante aquele ano.

Do total arrecado, 50% é destinado ao SUS (Sistema Único de Saúde), os outros 45% são para o fundo de indenizações e 5% para o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) em forma de financiamento para projetos de conscientização de segurança no trânsito.

A cobertura do imposto é sobre mortes, invalidez e custo com atendimento médico, sendo o valor recebido de até R$13.500,00. É importante lembrar que o prazo para requerimento da indenização é de até 3 anos.

Como consultar?

As informações sobre o DPVAT 2020 ainda não está atualizada. Mas pagamentos anteriores e irregularidades podem ser consultadas no site na Seguradora Líder.

  1. Clique no link https://www.seguradoralider.com.br/Pages/Consulta-a-Pagamentos-Efetuados.aspx.
  2. Selecione o tipo de consulta desejada: pela placa, pelo RENAVAM, ou pelo chassi.
    DPVAT 2020 PR: Consulta, Valor, Tabela, Como Pagar

Valor

Os valores de 2020 ainda não estão atualizados, mas pode-se avaliar os valores deste ano para se ter uma ideia de quanto deve ser pago no próximo ano pelo site https://www.seguradoralider.com.br/Pages/Saiba-como-pagar.aspx.

De forma geral, motocicletas e motonetas contribuem com os maiores valores por serem os veículos que mais estão associados a acidentes de trânsito.

Como fazer o pagamento?

O pagamento do DPVAT é sempre feito à vista e em uma única parcela. Além disso, não há nenhum tipo de desconto.

Desde 2014 o boleto não é mais entregue pelo correio. Assim, o contribuinte deve solicitá-lo no site https://pagamento.dpvatsegurodotransito.com.br/ ou no site do Detran, depende da região em que você está.

O pagamento deve ser realizado em uma agência bancária autorizada como Bradesco, Banco do Brasil, BANCOOB, Santander, Caixa Econômica Federal, Itaú, Sicredi e Rendimento.

No Paraná, veículos 0km, que farão o primeiro licenciamento podem obter a guia para pagamento no site no DETRAN, informando o número do RENAVAM. Solicite então a “Consulta Consolidada do Veículo” e clique em “Guia de Pagamento do Licenciamento”. Faça a impressão e realize o pagamento.

Veículos isentos do IPVA também não pagam o DPVAT.

O que acontece se não for pago?

O que acontece se não for pago?

Como o DPVAT é um pagamento que deve ser realizado juntamente com o IPVA, quem não paga o imposto em dia não conseguirá fazer o licenciamento do veículo.

No caso de o motorista se envolver em algum acidente com vítimas, apenas elas serão indenizadas. O dono do veículo terá que cobrir as suas despesas médicas e deverá reembolsar a seguradora.

Quem tem direito a indenização DPVAT?

A cobertura deste seguro cobre despesas médicas, deficiência permanente e morte em decorrência do acidente de trânsito. No entanto, não cobre roubos, incêndios ou danos ao veículo. Acidentes que ocorrem fora do país também não são segurados.

Não é necessário contratar outras pessoas para fazer a solicitação, pois é um serviço gratuito. O benefício pode ser solicitado em segurados ou em agências dos Correios. No site http://www.susep.gov.br/ é possível verificar quais são as seguradoras autorizadas.

Dentre os documentos solicitado para fazer o pedido está o boletim de ocorrência, e o atestado de óbito em caso de indenização por morte, bem como documento que comprove o grau de parentesco. Em caso de solicitação de seguro por invalidez permanente, é necessário a prova do atendimento médico e as notas fiscais.

O acompanhamento do processo pode ser acompanhado no site da Seguradora Líder, pelo link https://www.seguradoralider.com.br/Pages/Acompanhe-o-Processo-de-Indenizacao.aspx com ou sem o número de sinistro. O prazo para pagamento da indenização é de 15 dias e o prazo máximo para solicitá-la é de 2 anos. Vale lembrar que todas as vítimas do acidente têm direito ao benefício.

Se tiver mais dúvidas sobre o benefício e do DPVAT, o site da seguradora também disponibiliza informações sobre os acidentes cobertos, valores e datas de recebimento, prazo para realizar o pedido, dicas para receber mais rapidamente e como evitar golpes. É possível também fazer todas estas consultas pelo aplicativo da seguradores, disponível para celulares Android e IoS.

Deixe um comentário